Pasta de dente infantil

Descobrimos recentemente alguns fatos que nos abalaram d+, como, para citar apenas alguns: o fato de que 8 milhões de toneladas de plástico estão sendo despejados todo ano nos oceanos, e mais trilhões são enterrados nos lixões liberando químicos tóxicos no solo, contaminando assim diversas espécies da nossa fauna e flora; o fato de que as embalagens plásticas soltam phthalates, bisphenol, BHA, BHT, P-phenylenediamine, DBP, DEA, entre outros químicos, em seus conteúdos e nossa pele absorve estes químicos tóxicos que desencadeiam diversos problemas de saúde; o fato de que esses tóxicos vão pelos ralos para o esgoto, que mesmo depois de tratado, carrega todos estes tóxicos para os rios e oceanos matando diversas espécies da fauna marinha; o fato de que muitos animais são usados para testar estes cosméticos e sofrem barbaramente ...

Lamentável, né?!

Enfim, diante desse quadro, nos demos conta que podemos contribuir para melhorar a situação, nem que seja só um pouquinho, não consumindo estes produtos! Pois, acreditamos que toda compra que fazemos é um "ato moral" - uma oportunidade de votar com nosso dinheiro para o mundo que desejamos ver; e, não queremos endossar e financiar práticas destrutivas; então, passamos a produzir nossos próprios cosméticos a partir de ingredientes primários e orgânicos. 

Colocamos a receita da pasta de dente abaixo na esperança de você aderir ao movimento ZERO LIXO e passar também a produzir seus próprios cosméticos ;-)  

Ingredientes:
1 colher de sopa de óleo de côco
1 colher de café de açafrão em pó
1 colher de café de canela em pó
1 colher de café de cravo em pó
1 colher de café de cálcio de ostra
1 pitada de sal marinho

Misturar tudo e pronto! Pasta de dente infantil sem flúor, super saudável para gente e para os nossos filhos ;-)

Abaixo um vídeo alerta importante para quem curte pasta de dente ou qualquer cosmético com esfoliantes:

Artigos que valem a leitura para quem deseja se informar sobre os malefícios do flúor: Impact of fluoride on neurological development in children; Neurobehavioural effects of developmental toxicity; E o documentário:


Bucha vegetal de esponja para a criançada

"Além de vir em uma embalagem plástica, a esponja sintética, minha ex-companheira diária na lavagem de pratos, copos, talheres e panelas, só dura três semanas e é feita de poliuretano, um tipo de plástico derivado do petróleo. Para fugir de tanto plástico, faça como eu e passe a usar a bucha vegetal. Nativa de regiões tropicais, como o Brasil, obviamente, a Luffa cylindrica pode atingir mais de um metro de altura e pertence à família das cucurbitáceas, a mesma do pepino e da melancia". Dica genial do blog https://menoslixoporfavor.wordpress.com/

Meu pais só usavam bucha vegetal. Eu já tinha me esquecido que existia essa maravilha ;-)
As crianças estão adorando tomar banho com suas buchinhas, também usamos na pia da cozinha e do tanque! Quando se acaba vai para a composteira! Conseguimos catar umas sementes dentro de uma bucha que compramos e plantamos, a danada está subindo pela tela da janela ... será que vamos ter colheita de bucha????




Xampu em barra para nossas crianças

Depois de ver este video abaixo e nos informarmos sobre o assunto, resolvemos começar a preparar nossos p'roprios cosméticos e produtos de limpeza. Além de não gerarmos mais lixo com descarte das embalagens, descobrimos que é saudável e é divertido!!



A receita que funcionou aqui em casa leva:

> 250 ml de godura (azeite, oleo de cozinha usado, ou oleo de coco, ou de chea, ou de linhaça, ou de abacate etc) 
> 75ml de líquido (água, ou suco de uma fruta, ou um chá concentrado etc)
> 30 gr de soda caústica. 

Amorna o líquido, joga a soda aos poucos no jarro em que está esse líquido morno (tem gente que usa uma proteção de óculos e luvas nessa parte). Depois derrama a gordura da sua escolha sobre esse líquido. É preciso bater com a batedeira essa mistura por uns 10 minutos, até adquirir a consistência de um mel. Coloca em uma forma, e deixa tampado por dois dias, voila: sabão, sabonete ou xampu em barra ;-) 

Tem diversas receitas no youtube trabalhando variaçòes desses ingredientes. A primeira que fizemos e deu certo foi seguindo o wikihow http://pt.wikihow.com/Fazer-Sab%C3%A3o-de-Castela

O novo quarto das crianças

Quando nos mudamos para um quarto e sala de cinquenta metros quadrados, uau, foi um desafio montar um quarto legal para as crianças. Achamos que já estava na hora de abandonar o quarto montessori e montar um novo espaço compatível com as novas necessidades. Optamos por deixar o quarto pra eles, já que ainda são miúdos (6 e 5 anos), ainda tem brinquedos, e precisamos de privacidade (botamos um filme, trancamos a porta do quarto, e, voilá: privacidade), assim ficamos com todo resto do apartamento pra gente. Quando os miúdos crescerem, ai vamos trocar, eles vão para a sala e nós ficamos com o quarto ;-)

Então, encontramos esse vídeo espetacular da Ikea que nos deu um monte de ideias legais para montar o quartinho deles:


A casa zero lixo

Raramente tenho saco de sentar e escrever (mas admiro d+ quem tem paciência de sentar e escrever para compartilhar), eu realmente priorizo outras coisas, então, geralmente, o que eu faço é postar trechos de leituras, entrevistas, documentários etc, usando o blog como um caderno de notas meu; e que acaba ajudando muitas pessoas interessadas pelos mesmos assuntos. Mas, nesse caso, realmente, valeu dedicar um tempinho para compartilhar: o MOVIMENTO ZERO LIXO. Estou encantada ;-)

Descobri o blog da Bea Johnson (apresentação GoogleTalk) em minhas andanças pela Internet, e depois o da Cristal Muniz (apresentação TedTalk) e os dois blogs dão milhares de dicas maravilhosas! Vale a pena a visita, aliás, tem uma lista dos 50 melhores blogs de 2016 dedicados ao tema do estilo de vida verde (green lifestyle), todos muito legais!!

Mas, resumindo, são pequenas atitudes/práticas ecológicas que já fazem toda a diferença! E eu acho que a dificuldade maior está na mudança de hábito mesmo (mudar hábito é fod#$%, já se pegou mil vezes buscando um objeto numa gaveta e ai se deu conta que não guarda mais esse objeto lá?? Pois é, isso é que pega!), porque não são atitudes/práticas ecológicas que dão tanto trabalho em si, tipo:

* a Bea compra de fornecedores locais para evitar "financiar" a locomoção de caminhões, e ela leva todas as embalagens em uma bolsa porque ela compra tudo a granel, então, liquidos e molhados como manteiga/queijo/pastas/azeitonas/cogumelos ela coloca em potes de vidro (reaproveitados de vidros de compotas, conservas, geléias etc) que ela leva, e os grãos ela coloca em sacos de algodão (tipo aquele da Mr. Cat, lembra?), pois é, ela bota tudo nesses sacos, e quando ela chega em casa, ela transfere para os jarros de vidro.

* todo lixo de resto de comida, verduras etc ela composta!! Outra dica da Bea foi procurar pontos de reciclagem, porque nem tudo se comprar a granel.

* para limpeza e higiene, ela compra bicarbonato, vinagre e outros ingredientes. Ela leva as embalagens de vidro, pois compra tudo a granel, e faz as receitas em casa, as receitas estão no blog dela também: receita de pasta de dente, de maquiagem, produtos de limpeza ... ela limpa tudo assim! Até o fogão imundo rsrsrs (tá a foto lá no blog dela), ela usa só vinagre e palha de aço e fica um brinco, limpinho! E a escova de dente deles é de madeira, nunca vi isso aqui no brasil, uma pena, porque dá dó jogar essas escovas de plástico fora.

* ela só compra de segunda mão! T-U-D-O! Tudo mesmo, tipo: roupas, eletrônicos, utensílios etc. E ela mantem o que ela chama de armário capsula; são 15 peças de roupa e ela consegue combinar todasessas peças para montar 50 looks diferentes, olha lá! Uau! Eu A-M-E-I!!!!! A mulher é o catiço!! Aliás, a família toda consegue guardar TUDO o que possui em uma mala, incríiiiiiiiiiiiiiiiiivel! Palmas!! Quando eles viajam nas férias, cada um leva tudo o que possui e gosta numa mala, a casa fica vazia e eles alugam, e esse dinheiro ajuda a pagar a viagem!! Surreal!! To rindo à toa só de pensar em implementar essa prática.

Estou muito feliz de descobrir este movimento ZERO LIXO, principalmente depois de todos os documentários que vimos, eu e meu marido (que também está super imbuído de mudar e é um companheiro maravilhoso). O movimento Zero Lixo (assim como o minimalismo, a permacultura, o lowsumerism, tinyhouses) é como a porta de saída para não alimentar mais um sistema perverso!! Coloquei abaixo o link de alguns docs que estão disponíveis no youtube de graça para quem quiser abrir os olhos:

A ansiedade escolar

"Hoje, acho realmente dramática a importância que pais e professores atribuem ao êxito e ao nível escolares. Como se a escola fosse tudo para a criança! E como se não soubéssemos, todos nós, que não é o caso! Houve uma época em que a escola era tudo para a criança quanto à aquisição do saber. Mas isso acabou mesmo. A escola é um lugar insubstituível de encontro com os outros (e ao meu ver, o que a escola oferece de mais valioso justamente é essa micro experiência do que será mais tarde viver em sociedade), mas a rua, o rádio, a televisão, (a Internet hoje em dia) ou as revistas são mediadores de saber (...) Agora, as crianças são classificadas segundo sua idade civil, como ovos, mas a idade afetiva, não se preocupam com ela. Numa classe de crianças da mesma idade, algumas têm dois anos e meio de maturidade, e outras dez anos (...) Quando a criança está "indo mal na escola", esse é um sintoma que deve levar em consideração e apreciar conforme muitos critérios, mas não censurar a criança por esse fato. Isso indica que outra coisa não vai bem! Por que desanimar (ainda mais) a criança e os pais, prever o mais sombrio futuro? Fazer a criança perder a confiança em si é retirar-lhe suas possibilidades. Isso nunca estimula. O fracasso escolar é uma prova trágica para muitas crianças. O caráter e a sociabilidade, a inteligência do corpo, das mãos, o espírito de iniciativa e de colaboração são indispensáveis para a vida. Estar interessado pelo que se diz e faz na escola E NO RECREIO é mais importante do que as notas que se obtém. Intervêm muitos fatores afetivos que provêm a um só tempo do passado e do presente da vida da criança, assim como do ambiente da classe".

Leia mais em "As etapas decisivas da infância" de Françoise Dolto

Boneco de meia

Quando vimos essa muc muc da artista polonesa Gabriella Wojcik, ficamos, eu e meus miudos, totalmente encantados!! Mais abaixo a imagem que encontrei com um passo-a-passo bem completo para costurar a boneca.

Material:
1 agulha
1 carretel de linha branca
1 pé de meia branca
1 pé de meia estampada
1 saco de estofo
(espuma ou algodão)

Como fazer:



Os que os meus miúdos fizeram ...




Pasta de dente infantil